MIGUEL MIRÓ MIRÓ
NOVO PRIOR GERAL DOS AGOSTINIANOS RECOLETOS

O catalão Miguel Miró nasceu 61 anos atrás, em Vinebre (Tarragona, Espanha). Antes de ingressar na Ordem obteve o título de arquiteto técnico pela Universidade de Barcelona. Em 1975 professou seus primeiros votos e três anos depois recebeu a ordenação sacerdotal em Lodosa (Navarra, Espanha). É licenciado em Teologia Espiritual pela Universidade Gregoriana de Roma. Quase toda sua vida esteve dedicada a tarefas de formação e governo. Desde o último capítulo geral residia na capital italiana desempenhando o cargo de Vigário Geral.

 

http://www.agustinosrecoletos.com/files/images/imagecache/7157minifotomiguel_miro_webQuase toda sua vida esteve dedicada a tarefas de formação e governo.   Os 38 agostinianos recoletos reunidos em Capítulo Geral desde o último dia 4 de outubro elegeram na tarde de quarta-feira, 10 de novembro, seu novo Prior Geral para os próximos seis anos. O novo prior geral e seu conselho serão responsáveis por levar à prática as diretrizes propostas pelo Capítulo Geral para o sexênio. Sucede no cargo ao vasco Javier Guerra Ayala que esteve à frente da instituição nos últimos doze anos.


Miguel Miró Miró desenvolveu seu trabalho como formador em distintas localidades espanholas. Entre 1978 e 1982 educou a crianças e jovens do seminário menor de Lodosa (Navarra) onde foi ordenado sacerdote.

 

Dali passou ao colégio de Fuenterrabía em Guipúzcoa (País Vasco) e em 1983 desenvolveu sua tarefa formativa no colégio-seminário Santo Agostinho de Valladoli (Castilla y León) para regressar a Lodosa entre 1984 e 1988. No ano 1988 é nomeado mestre de noviços no convento de Monteagudo (Navarra), cargo que desempenhou até 1991 em que é destinado a Marcilha (Navarra) para encarregar-se dos religiosos jovens no Centro de Estudos Teológicos Agostinianos Recoletos.

 

Em 1995 é destinado a Roma (Itália) para aprofundar-se no estudo da Teologia Espiritual na Universidade Gregoriana onde obtém a licenciatura em 1997, ano em é eleito por seus irmãos da Província de São Nicolau de Tolentino prior provincial para os próximos três anos. Em 2000 é reeleito para o mesmo posto até 2003 quando, como superior, retorna à comunidade de Marcilha onde havia sido mestre de professos.

 

No Capítulo Geral de 2004 celebrado em Roma (Itália) foi nomeado Vigário Geral.


A Ordem hoje


O padre Miguel Miró é o único religioso catalão dos 1.136 da Ordem. Os agostinianos recoletos procedem de 28 países, sendo Espanha, com 526, a nação com maior número de frades, seguida de Filipinas (155), Colômbia (117) e Brasil (97).

 

Atualmente os agostinianos recoletos se organizam em oito províncias religiosas que estão presentes em 19 países com 195 comunidades. Contam entre seus irmãos com 20 bispos e administram nove territórios de missão. Entre os ministérios que atendem estão 184 paróquias e 51 centros educativos com mais de 75.000 alunos sob sua responsabilidade.